Aquivos por Autor: admin

Famílias de CRECHE

A.L.20-21_COMUNICADO nº2

Estimadas famílias

Tendo em conta a necessidade de nos mantermos em funcionamento evitando encerrar alguma sala ou mesmo valência, por isolamento profilático no contexto epidemiológico que ainda estamos a viver, e assim corresponder também às necessidades das famílias manterem os filhos nas creches, revela-se indispensável reajustar e organizar o próximo ano letivo com algum maior rigor e limitações ao acesso as salas.

Foram definidas pela direção técnica e pedagógica algumas medidas excecionais e temporárias, que visam promover as condições necessárias para minimizar os riscos para os utentes, famílias e equipa pedagógica e garantir o cumprimento das normas estabelecidas pela DGESTE/DGE/DGS no documento Orientações para o ano letivo 2020/2021, bem como a adenda ao nosso plano de contingência específica para as creches, disponível na página*.

As alterações na organização do ambiente educativo vão continuar a garantir a continuidade dos Princípios Educativos da Instituição, que coloca a criança no centro do processo educativo privilegiando a relação, a interação afetiva e a autonomia crescente das crianças, as salas pensadas de forma a garantir as mesmas oportunidades e vivências, tendo como principal objetivo o bem-estar da criança, assim como o seu desenvolvimento sócio emocional, cognitivo, físico-motor e estético.

Começámos a receber as crianças novas no dia 1 de Setembro já com a nova organização e dinâmica, tendo este ano, a transição de utentes para as valências sido  efetuada excecionalmente entre o dia 28 e 31 de agosto.

Lembramos apenas que, para além  das mudas de roupa, chapéu para o sol, fraldas e objetos pessoais de higiene e conforto, este ano deverão trazer:
– lençol de tecido de algodão (2 normais de cama de grades para os dos berçário e com o modelo tipo saco cama para os colchões)
– 10 babetes simples de turco, sem plásticos e sem nome que ficam cá para o banco de babetes (para as salas S e M apenas)
– um calçado  confortável para uso  apenas  na creche, uma vez que como já verificaram, estamos a trocar de sapatos (exceto para as crianças que ainda não andam)
– dossier de lombada media, 2 furos e capa lisa (cor à escolha) para o livro de vida de cada criança na creche  (entregar só em outubro se preferirem )
Só para as crianças da L e XL, sem babete:
– 1 bibe em tecido c/ mangas sem identificação, a ser usado apenas nas áreas onde se sujam.

Os materiais devem ser entregues dentro de um saco e vir identificados.

A circulação de famílias continuará condicionada, sem acesso as salas de atividade, mas será alargado o perímetro até aos corredores/ Hall de entrada ou recreio coberto quando existir, e dependendo das condições físicas de cada creche / valência.

Os tempos pedem-nos alguns reajustes e alterações, contando que o essencial do nosso projeto institucional, assim como os princípios educativos permanecem e é neste sentido que também contamos com as famílias enquanto primeiros responsáveis na educação dos filhos que contarão com a nossa sempre empenhada cooperação.

NOTA: Aproveitamos para informar que a comparticipações / mensalidades das crianças novas, estarão a pagamento a partir do dia 8 de  setembro e que os já nossos utentes no ano letivo anterior quer de creche, quer de jardim-de-infância mantêm os mesmo valores até informação em contrário,  conforme já informado mas poderão proceder ao pagamento até ao dia 10 de setembro próximo.

* Ligações à página que gostaríamos que consultassem pelo menos uma vez por semana dado ser aí que colocamos informação geral  de todas as valências para todas as famílias:
DOENÇA POR CORONAVÍRUS (COVID-19) PLANO DE CONTINGÊNCIA Orientações para as Instituições IDEIA / O NOSSO SONHO: https://onossosonho.pt/wp/plano-de-contingencia-covid-19/
ADENDA
específica para CRECHE: https://onossosonho.pt/wp/adenda-para-creche-ao-plano-de-contingencia/

Com particular estima e votos de um ano totalmente presencial

A direção técnica e pedagógica

Sugestão leitura – artigos opinião: infância / COVID-19

SUGESTÃO Leitura

Sugerimos a leitura de dois artigos, sobre o inicio deste ano letivo e reabertura das escolas, que podem ser consultados nas paginas da SPP – Sociedade Portuguesa de Pediatria e The New England Journal of Medicine:

Início do ano escolar 2020
O início deste ano escolar é um motivo de preocupação para pais, crianças, educadores, professores e profissionais de saúde, que procuram certezas num mundo em que as informações mudam rapidamente.
Sabemos hoje que, contrariamente à grande maioria das infeções víricas, a infeção pelo novo coronavirus SARS-CoV-2 tem causado doença menos grave em idade pediátrica do que no adulto. As crianças parecem ter menor incidência da doença e desenvolver sintomas ligeiros e transitórios, de evolução benigna, sendo os internamentos e as fatalidades excecionais. Apesar disso, os pais continuam a sentir angústia no regresso à escola.” (…)
Agosto de 2020, Direção da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), Direção da Sociedade de Infeciologia Pediátrica da SPP, Direção do Colégio de Especialidade de Pediatria da Ordem dos Médicos
LER VERSÃO INTEGRAL em PDF » 


Reopening primary school during the pandemic (Abertura das escolas durante a pandemia*)(…) “we believe  that safely reopening schools full-time for all elementary school children should therefore be a top national priority.”
29 julho 2020, The New England Journal of Medicine
LER ARTIGO versão PDF em Inglês »
*NOTA: Se utilizar o navegador de internet Google Chrome, consegue ter a opção de tradução automática.

 

Famílias CEI O Nosso Sonho Matoscheirinhos

A.L.20-21_COMUNICADO nº1 

Estimadas famílias

Tendo em conta a necessidade de nos mantermos em funcionamento evitando encerrar alguma sala ou mesmo valência por isolamento profilático no contexto epidemiológico que ainda estamos a viver, e assim corresponder também às necessidades das famílias manterem os filhos nos jardins-de-infância, revela-se indispensável reajustar e organizar o próximo ano letivo, nomeadamente ao nível do espaço, dos grupos e dinâmica dos jardins-de-infância.

Foram definidas pela direção técnica e pedagógica algumas medidas excecionais e temporárias, que visam promover as condições necessárias para minimizar os riscos para os utentes, famílias e equipa pedagógica e garantir o cumprimento das normas estabelecidas pela DGESTE/DGE/DGS no documento Orientações para o ano letivo 2020/2021, bem como a adenda ao nosso plano de contingência* dos jardins-de-infância disponível na página.

As alterações na organização do ambiente educativo dos jardins-de-infância vão garantir a continuidade dos Princípios Educativos da Instituição, que coloca a criança no centro do processo educativo privilegiando a responsabilidade, a autonomia e a liberdade de escolha e as salas pensadas de forma a garantir as mesmas oportunidades de aprendizagem e experimentação vividas anteriormente, tendo como principal objetivo o bem-estar da criança assim como o seu desenvolvimento sócio emocional, cognitivo, físico-motor e estético.

Neste sentido, no próximo ano teremos 3 salas de referência que mantêm a mesma denominação correspondentes a 3 grupos de referência, organizados de forma heterogénea (em termos de idade). As crianças vão estar temporariamente organizadas em grupo e por sala, farão a escolha das áreas e não das salas. Os grupos serão em breve afixados na valência respetiva, assim como o nome dos profissionais afetos a cada grupo.

Contamos receber as crianças no dia 1 de Setembro já com a nova organização e dinâmica, sendo este ano, a transição de utentes para as valências efetuada excecionalmente entre o dia 28 e 31 de agosto.

Dado que os materiais deverão ser para uso individual pedimos às famílias que nos tragam no início do ano:

– dossier de lombada larga, 2 furos e capa lisa (cor à escolha)
– 6 separadores de cartolina (para o portfolio) – Caso não tenha do ano anterior
– caixa de lápis de cor (preferencialmente grossos)
– marcadores de feltro (preferencialmente grossos)
– caixa de lápis de cera grossos
– 1 tesoura
– 1 lápis de carvão
– 1 muda de roupa adequada à estação
– 1 boné / chapéu
– 1 garrafa de água / cantil
– um calçado confortável para uso apenas no Jardim de Infância
– umas sapatilhas para a prática de Educação Física
– 1 bibe em tecido c/ mangas sem identificação (crianças que transitem da creche p/ JI e crianças novas) a ser usado apenas nas áreas onde se sujam.

Os materiais devem ser entregues dentro de uma caixa de sapatos (tamanho de criança) e vir identificados.

A circulação de famílias continuará condicionada, sem acesso as salas de atividade, mas será alargado o perímetro até aos corredores/ Hall de entrada ou recreio coberto quando existir e dependendo das condições físicas de cada jardim-de-infância / valência.

Os tempos pedem-nos alguns reajustes e alterações, contando que o essencial do nosso projeto institucional, assim como os princípios educativos permanecem e é neste sentido que também contamos com as famílias enquanto primeiros responsáveis na educação dos filhos que contarão com a nossa sempre empenhada cooperação.

NOTA: Aproveitamos para informar que a comparticipações / mensalidades das crianças novas, muito poucas em jardim-de-infância estarão a pagamento em setembro e que os já nossos utentes no ano letivo anterior quer de creche quer de jardim-de-infância mantêm os mesmo valores até outubro conforme já informado mas poderão proceder ao pagamento até ao dia 10 de setembro próximo.

A direção técnica e pedagógica

Famílias CEID´Outeiro IDEIA

A.L.20-21_COMUNICADO nº1

Estimadas famílias

Tendo em conta a necessidade de nos mantermos em funcionamento evitando encerrar alguma sala ou mesmo valência por isolamento profilático no contexto epidemiológico que ainda estamos a viver, e assim corresponder também às necessidades das famílias manterem os filhos nos jardins-de-infância, revela-se indispensável reajustar e organizar o próximo ano letivo, nomeadamente ao nível do espaço, dos grupos e dinâmica dos jardins-de-infância.

Foram definidas pela direção técnica e pedagógica algumas medidas excecionais e temporárias, que visam promover as condições necessárias para minimizar os riscos para os utentes, famílias e equipa pedagógica e garantir o cumprimento das normas estabelecidas pela DGESTE/DGE/DGS no documento Orientações para o ano letivo 2020/2021, bem como a adenda ao nosso plano de contingência* dos jardins-de-infância disponível na página.

As alterações na organização do ambiente educativo dos jardins-de-infância vão garantir a continuidade dos Princípios Educativos da Instituição, que coloca a criança no centro do processo educativo privilegiando a responsabilidade, a autonomia e a liberdade de escolha e as salas pensadas de forma a garantir as mesmas oportunidades de aprendizagem e experimentação vividas anteriormente, tendo como principal objetivo o bem-estar da criança assim como o seu desenvolvimento sócio emocional, cognitivo, físico-motor e estético.

Neste sentido, no próximo ano teremos 4 salas de referência que mantêm a mesma denominação correspondentes a 4 grupos de referência, organizados de forma heterogénea (em termos de idade). As crianças vão estar temporariamente organizadas em grupo e por sala, farão a escolha das áreas e não das salas. Os grupos serão em breve afixados na valência com os adultos de referência respetivos.

Contamos receber as crianças no dia 1 de Setembro já com a nova organização e dinâmica, sendo este ano, a transição de utentes para as valências efetuada excecionalmente entre o dia 28 e 31 de agosto.

Dado que os materiais deverão ser para uso individual pedimos às famílias que nos tragam no início do ano:

– dossier de lombada larga, 2 furos e capa lisa (cor à escolha)
– 6 separadores de cartolina (para o portfolio)
– caixa de lápis de cor (preferencialmente grossos)
– marcadores de feltro (preferencialmente grossos)
– caixa de lápis de cera grossos
– 1 tesoura
-1 lápis de carvão
– 1 muda de roupa adequada à estação
– 1 boné / chapéu
– 1 garrafa de água / cantil
– um calçado confortável para uso apenas no Jardim de Infância
– umas sapatilhas para a prática de Educação Física
– 1 bibe em tecido c/ mangas sem identificação (crianças que transitem da creche p/ JI e crianças novas) para ser usados nas áreas onde se sujam mais.

Os materiais devem ser entregues dentro de uma caixa de sapatos (tamanho de criança) e vir identificados.

A circulação de famílias continuará condicionada, sem acesso as salas de atividade, mas será alargado o perímetro até aos corredores/ Hall de entrada ou recreio coberto quando existir e dependendo das condições físicas de cada jardim-de-infância / valência.

Os tempos pedem-nos alguns reajustes e alterações, contando que o essencial do nosso projeto institucional, assim como os princípios educativos permanecem e é neste sentido que também contamos com as famílias enquanto primeiros responsáveis na educação dos filhos que contarão com a nossa sempre empenhada cooperação.

NOTA: Aproveitamos para informar que a comparticipações / mensalidades das crianças novas, muito poucas em jardim-de-infância estarão a pagamento em setembro e que os já nossos utentes no ano letivo anterior quer de creche quer de jardim-de-infância mantêm os mesmo valores até outubro conforme já informado mas poderão proceder ao pagamento até ao dia 10 de setembro próximo.

A direção técnica e pedagógica

Famílias CEIDe IDEIA Tires

A.L.20-21_COMUNICADO nº1

Estimadas famílias

Tendo em conta a necessidade de nos mantermos em funcionamento evitando encerrar alguma sala ou mesmo valência, por isolamento profilático no contexto epidemiológico que ainda estamos a viver, e assim corresponder também às necessidades das famílias manterem os filhos nos jardins-de-infância, revela-se indispensável reajustar e organizar o próximo ano letivo, nomeadamente ao nível do espaço, dos grupos e dinâmica dos jardins-de-infância.

Foram definidas pela direção técnica e pedagógica algumas medidas excecionais e temporárias, que visam promover as condições necessárias para minimizar os riscos para os utentes, famílias e equipa pedagógica e garantir o cumprimento das normas estabelecidas pela DGESTE/DGE/DGS no documento Orientações para o ano letivo 2020/2021, bem como a adenda ao nosso plano de contingência* dos jardins-de-infância disponível na página.

As alterações na organização do ambiente educativo dos jardins-de-infância vão garantir a continuidade dos Princípios Educativos da Instituição, que coloca a criança no centro do processo educativo privilegiando a responsabilidade, a autonomia e a liberdade de escolha e as salas pensadas de forma a garantir as mesmas oportunidades de aprendizagem e experimentação vividas anteriormente, tendo como principal objetivo o bem-estar da criança, assim como o seu desenvolvimento sócio emocional, cognitivo, físico-motor e estético.

Neste sentido, no próximo ano teremos 4 salas de referência que mantêm a mesma denominação correspondentes a 4 grupos de referência. As crianças vão estar organizadas em grupo e por sala, farão a escolha das áreas e não das salas. Os grupos serão em breve afixados na valência respetiva, assim como o nome dos profissionais afetos a cada grupo.

Contamos receber as crianças no dia 1 de Setembro já com a nova organização e dinâmica, sendo este ano, a transição de utentes para as valências efetuada excecionalmente entre o dia 28 e 31 de agosto.

Dado que os materiais mais vulneráveis deverão ser para uso individual pedimos às famílias que nos tragam no início do ano:

– dossier de lombada larga, 2 furos e capa lisa (cor à escolha)
– 6 separadores de cartolina (para o portfolio) –  Caso não tenha do ano anterior
– caixa de lápis de cor (preferencialmente grossos)
– marcadores de feltro (preferencialmente grossos)
– caixa de lápis de cera grossos
– 1 tesoura
– 1 lápis de carvão
– 1 muda de roupa adequada à estação
– 1 boné / chapéu
– 1 garrafa de água / cantil
– um calçado confortável para uso apenas no Jardim de Infância
– umas sapatilhas para a prática de Educação Física
– 1 bibe em tecido c/ mangas sem identificação (crianças que transitem da creche p/ JI e crianças novas) a ser usado apenas nas áreas onde se sujam.

Os materiais devem ser entregues dentro de uma caixa de sapatos (tamanho de criança) e vir identificados.

A circulação de famílias continuará condicionada, sem acesso as salas de atividade, mas será alargado o perímetro até aos corredores/ Hall de entrada ou recreio coberto quando existir e dependendo das condições físicas de cada jardim-de-infância / valência.

Os tempos pedem-nos alguns reajustes e alterações, contando que o essencial do nosso projeto institucional, assim como os princípios educativos permanecem e é neste sentido que também contamos com as famílias enquanto primeiros responsáveis na educação dos filhos que contarão com a nossa sempre empenhada cooperação.

NOTA: Aproveitamos para informar que a comparticipações / mensalidades das crianças novas, muito poucas em jardim-de-infância estarão a pagamento em setembro e que os já nossos utentes no ano letivo anterior quer de creche quer de jardim-de-infância mantêm os mesmo valores até outubro conforme já informado mas poderão proceder ao pagamento até ao dia 10 de setembro próximo.

A direção técnica e pedagógica

Áudio da IDEIA conquista o 2º lugar

na 11º edição do concurso «Conta-nos uma história», na categoria 3º 4º ano!
Ouçam aqui :Uma pequenina papoila”
Em janeiro, alguns trechos da história de Luisa Ducla Soares ganharam cheiro, textura, cor e voz(es)… e ‘A História da Papoila’ foi-se revelando com o envolvimento e participação das crianças.
Foi um livro vivido!... por todos. O resultado é muito merecido, houve planeamento e muita criatividade (na organização e transformação do conteúdo literário, nas várias formas de expressão sonora utilizadas)
Parabéns às crianças e equipa do CATL IDEIA Tires!

A dinamização deste concurso é assegurada pelo Ministério da Educação (ME), através da DGE, do RBE, PNL2027, e da DGAE; com a parceria da Microsoft, APPI e Rádio ZigZag. Visite o site do concurso AQUI »

Os bebes só dormem?

Memórias da CRECHE IDEIA Outeiro » Visita do 1º CEB ao berçário

“Os bebés só dormem”, esta foi uma frase dita pela turma do 3ºano do 1Ceb e que suscitou curiosidade na turma, por isso propuseram ao berçário virem 3 alunos passar uma manhã diferente… O desafio foi aceite, vejam como foi:

 

“Sei um ninho”… de Miguel Torga:

Sei um ninho.   |   E o ninho tem um ovo.   |   E o ovo, redondinho,  |   Tem lá dentro um passarinho   |   Novo.  |   Mas escusam de me atentar:   |   Nem o tiro, nem o ensino.   |   Quero ser um bom menino  |   E guardar   |   Este segredo comigo.   |   E ter depois um amigo  |   Que faça o pino  |   A voar…

Tudo começou por causa do “nh…” quando a palavra “ninho” apareceu numa lista de palavras. Ouviram o poema, aprenderam vocabulário, realizaram questões de interpretação, treinaram a sua leitura e gravaram um áudio a declamá-lo! Foi então lançado o desafio de construir um ninho.
A única condição era utilizar materiais que tivessem em casa!
Todos se envolveram com muita criatividade e inovação!

O projeto que fez surgir “o cisne lindo!”

Memórias do CEI » 1 Projeto e 1 reconto da sala Intelectual (A.L.19/20) 
O que têm os patos debaixo das penas?”… pesquisámos, procurámos em livros, trouxemos penas, histórias… e entre elas “O patinho feio”… Explorámos a história e vimos…
 ” Mas que estranho! O que é isto?    |    Que  patinho tão diferente   |    O pescoço é tão comprido      |      O que se passou realmente?”
…partilhámos o que sentimos com esta história, vivências, experiências e concluímos que somos todos diferentes…
Seria mesmo um pato feio? Ou por vezes olhamos e não conseguimos ver…
Sensíveis à importância de reconhecer e valorizar as diferenças, recontámos a história, criámos novos personagens…e demos-lhe um novo titulo…
Esperamos que, tal com a nós, esta nova abordagem vos desperte para atitudes críticas e reflexivas que conduzam ao reconhecimento da dimensão pessoal  e, ao mesmo tempo, ao  valor do sentido de pertença.

Entrega de diplomas J.I. CEIDe Tires

COMUNICADO às famílias (sala Intelectual) » Encontro dos finalistas 17 julho

Estimadas famílias
Face à situação atual, que nos impõe restrições ao número de pessoas que podem estar juntas, considerámos não ser possível este ano fazer a entrega dos diplomas aos finalistas. No entanto, e tendo em conta a simbologia do momento, vamos realizá-lo, no dia 17 de julho, mas de uma forma diferente, uma entrega de “Diplomas Drive”.
Para que possamos cumprir as normas e garantir a segurança de todos, o nosso encontro será ao ar livre, no espaço de estacionamento perto da IDEIA (antigo mercado) às 17h.
As famílias devem permanecer dentro dos carros, numa área que vai estar sinalizada. Os alunos serão chamados um a um e, apenas nessa altura, devem sair dos carros para receber o seu diploma.

Neste dia, as crianças  levarão consigo os seus pertences: as capas de trabalhos, os  portfolios, o  relatório pedagógico e tudo o que viveram ao longo da sua permanência na nossa instituição, materializado em muito afeto e momentos felizes. Esperamos que também este momento seja especialmente  significativo, e permita valorizar o  percurso e o tempo e que passámos juntos.

Se possível, pedimos que venham vestidos de camisa branca e calções/ saia/ calças de ganga.
Confirmem por favor a presença, pelo e-mail geral da instituição: ideia@onossosonho.pt
Contamos com a presença de todos: os pais no carro a assistir e os meninos juntos.
A direção técnica e pedagógica