Arquivo da Categoria: Atividades

Acampamento de finalistas » CATLs e 1º CEB da IDEIA

Os finalistas do 1º CEB (4º ano) e dos 4 CATL´s IDEIA (quase 60 pré adolescentes) viveram 4 dias especiais num acampamento de final de ano em Torres Vedras, no espaço exterior do Seminário de Penafirme. Representa o final de uma etapa importante para os alunos. Com espaço para a descoberta, brincadeira, partilha, aprendizagem, criatividade, amizade e crescimento.

 

Passeio das CRECHES

Quinta Pedagógica dos Olivais

Foi um dia de verão muito bem passado para os meninos das três salas XL das creches (IDEIA Tires, IDEIA Outeiro e O Nosso Sonho Matoscheirinhos), que adoraram ver os animais de perto de lhes dar comida.

– “Foi divertido, gostei tanto do cavalo, era branco” (David, 3 anos)
– “Fiz piquenique com os amigos, vi os animais” (Caetana, 3 anos)
– “Os animais eram fofinhos” (Lara, 3 anos)
– “O autocarro era grande, a Carolina gostou de passear” (Carolina, 3 anos)

O pic-nic foi para eles também uma maneira diferente de fazer uma refeição.
«Alguns até perguntaram pela – “SOPA?”. Chegámos à escola muito divertidos e cansados pois nesse dia não houve sesta, fechámos os olhos durante a viagem no autocarro a caminho da escola.»

CATL 2º e 3º ciclo Espaço JA – Acantonamento

01 a 03 JUL17 » ACANTONAMENTO Parque Aventura de Óbidos
INTERCÂMBIO: DIIS grupo jovens Trajouce // Espaço JA Matoscheirinho

O projeto Jovens em Acção continua a ir além do bairro, por isso este ano, estreitou relação com as crianças e jovens da comunidade de Trajouce e em articulação com a Loja Geração C da CMC, realizou alguns encontros conjuntos. Vários intercâmbios depois, destacamos o ACANTONAMENTO no Parque Aventura em Óbidos, que proporcionou a todos uma experiência única e diferente, culminando desta forma um ano rico em aprendizagens e descobertas.

Desfrutaram de três dias no Parque e exploraram a vila Medieval de Óbidos através de um peddy paper, que lhes permitiu ficar a conhecer muito da sua história.
«Realizámos diferentes atividades radicais que nunca tínhamos feito, entre elas explorar uma mina subterrânea que colocou à prova a nossa coragem, valentia e espirito de equipa. Gostámos de conviver com os nossos amigos de Trajouce e criámos em conjunto um ambiente tranquilo, animado e de festa.»

 


No decorrer dos encontros realizados, o grupo JA dinamizou diferentes atividades e jogos de cooperação (Jardim de Trajouce) e sessão de Risoterapia no ginásio da EB Rómulo de Carvalho.
«Foram momentos especiais e vividos com muito entusiasmo por todos.
Criaram-se laços e novas amizades. Fica a vontade de novos encontros para o próximo ano!»

EXPOSIÇÃO CEID´Outeiro

“À noite no museu – A TERRA EM NÓS”
No seguimento das comemorações da semana dos museus, o jardim-de-infância CEID’Outeiro, organizou a exposição – “A TERRA EM NÓS”, e abriu portas das 20h às 21h30.
Esta exposição resultou de um conjunto de projetos elaborados nas salas e que ganharam vida no Museu (vários espaços do J.I.), na noite dos Museus.
– «Ao entrarem nesta viagem desde o Universo…vão chegar às pessoas… aos cheiros… lugares distantes… …sabores… conhecer animais… experiências…
poder descobrir o tamanho da nossa curiosidade…das ideias…partilhas e pesquisas…em projeto…uns com os outros, vivendo a “Terra em nós” »

INÍCIO da Exposição – Projeto: “porque é que não há gravidade no espaço”  +
PLANETÁRIO – Projeto “planeta terra”

Na sala da VULCANOLOGIA, o Projeto “vulcões” e “Açores, terra do Pico”:

SALA do JOGO DRAMÁTICO – Projeto “O continente africano”:

Nos corredores, sala de transição e pátio – Projetos: “o crocodilo do Nilo” , “tigre”, “as cobras” e “como é que as abelhas fazem a polinização”:

Na sala das expressões – Projetos “as cores do mar dos açores”, a pintura de “Almada Negreiros” (natural de São Tomé / continente africano) e as “cores d’Africa”:

CEI O Nosso Sonho – Um projeto Especial

Tudo começou com o projeto “Aveiro”, quando uma criança que visitou a cidade, a referiu como um lugar especial, por ser onde a avó mora.
No Natal as famílias do CEI foram convidadas a criar uma decoração com os seus lugares especiais.
Juntaram-se então 3 crianças à volta de um mapa para encontrar alguns desses lugares, e acabaram por descobrir muitas outras cidades. Foi assim iniciado o projeto – “As 3 cidades mais importantes de Portugal ”.

As cidades escolhidas – Porto, Lisboa e Faro, que representam as 3 regiões do país, deram pano para mangas, na descoberta do nosso património cultural. Foram muitas as aprendizagens partilhadas em sala, visitas ao exterior, atividades lúdicas com as famílias (corrida de barcos rabelos, defesa da cidade de lisboa no Castelo de são Jorge, jogo de futebol no estádio de Faro…), elaboração de monotipias, e até as danças populares – o Pica do 7, o Vinho do Porto e o Corridinho do Algarve.

 

CATL ONS 2º e 3º ciclo (Espaço JA) » XVIII CHALLENGE de SOLIDARIEDADE

Desnível no parque natural Sintra-Cascais
Mais um ano em que os utentes do Espaço JAJovens em Acção participaram no CHALLENGE de SOLIDARIEDADE, na zona envolvente da barragem do Rio da Mula. Foi uma experiência incrível e uma tarde diferente onde tivemos a possibilidade de estar em contato com a natureza, explorar a serra, trabalhar o espirito de equipa, a amizade e de praticar atividade física.

«No fim da tarde foi muito bom saber que o nosso esforço valeu a pena, pois ficámos no segundo lugar em 18 equipas participantes. Esperamos voltar para o ano. »

Arruada de Carnaval – Projeto de intervenção em Tires

A arruada do CATL IDEIA Tires foi inspirada nas tradições de Mali, país da África Ocidental. A partir da visita ao Museu de Etnologia que fizemos nas férias do Natal, procurámos recriar uma tradição ainda viva desta região, construindo máscaras e marionetas, como ferramentas de intervenção social utilizadas pelos jovens destas comunidades.

E foi no dia 27 de fevereiro 2017, uma 2ª feira de Carnaval, que saímos à rua com o objetivo de dar voz a um projeto de intervenção social na nossa comunidade, que surgiu por iniciativa das crianças, para a construção de um parque Infantil na localidade de Tires.

Patrícia Pereira, Educadora CATL IDEIA Tires

A dança de máscaras é atual, aberta à invenção e mudança. Ao gerar as suas próprias performances, as trupes locais procuram ativamente a criação de novas personagens que correspondam a preocupações e temas contemporâneos.
É esta troca dinâmica entre tradição e inovação que dá ao teatro o seu carácter atual e permite que a dança de máscaras continue a ser um importante e popular contexto artístico de produção de conhecimento e significado para as comunidades do Mali.

In Museu de Etnologia

Projeto “A Geneta” / Colocação de sinal no PNSC

Por iniciativa e proposta do CEID’Outeiro a Cascais Ambiente (CMC) aceitou sinalizar no PNSC – Parque Natural Sintra Cascais, este animal silvestre – a GENETA. É um animal escasso (cerca de 20 neste parque) devido ao seu modo de vida solitário, o que dificulta a reprodução. 

Como começou o projeto no CEID´Outeiro…
“Eu encontrei uma geneta morta na estrada, ao lado do passeio(…)”
Como não sabíamos o que era uma geneta, quisemos fazer um projeto para investigar:
“deve ter 4 patas”
“Os carros atropelam as genetas na estrada”
“Correm rápido”
“Vivem na floresta”
“Deve ter pêlo”
“Há poucas genetas? (estão em extinção?)”
“Têm garras afiadas”
“O que comem?”

Proposta de sinal – resultado das pesquisas que feitas nas ruas perto da escola e ajuda das famílias (que enviaram sinais de trânsito).

O percurso, a investigação e as aprendizagens feitas em grupo, resultaram na colocação da placa pela Cascais Ambiente a 23 de novembro, no parque natural Sintra Cascais, Campo Base Pedra Amarela.

Carta ao Sr. Presidente da Câmara de Cascais…

Educadora da Sala Intelectual:
Cristina Prazeres 

 

Projeto «Educar para a cidadania»

sersolidario_

Frase de Madalena Mariano (5 anos)

O Banco Alimentar contra a Fome enviou uma carta ao CEID’Outeiro a propor-nos a participação no seu projeto “Educar para a cidadania”, tendo sido recebida com entusiasmo pelas crianças.
Os alimentos começaram a chegar à nossa escola (com o envolvimento e participação das famílias) e decidimos fazer uns crachás de agradecimento com a frase da Madalena e com a colaboração de ilustrações elaboradas pelo grupo.

“Pretende-se deixar a semente da cidadania às gerações futuras, o Banco Alimentar propõe-se trabalhar neste projeto os valores: verdade, liberdade, tolerância, partilha, solidariedade, respeito pela dignidade do homem, direitos humanos, promoção da justiça, concórdia, participação e intervenção cívica e respeito pelo ambiente.” Banco Alimentar contra a Fome (BA)

O projeto inclui:
– sessão de esclarecimento às famílias sobre o Banco Alimentar contra a Fome (BA)
– campanha de recolha de alimentos
– sessões com exploração de contos dinamizados pela equipa do BA.
– visita ao armazém do BA.

Como tudo começou..
Na sala (Intelectual) falámos sobre o projeto e propusemos participar, depois dessa conversa surgiram algumas dúvidas:
– O que é o Banco alimentar?
– O que faz?
– Como?
– O que é a fome?
Fizemos uma pesquisa sobre o trabalho desenvolvido pelo BA e uns cartazes com toda essa informação (em exposição no hall de entrada da creche)

Passado uns dias, uma das crianças trouxe um saco de alimentos e disse:
– “Eu pedi à minha mãe alguns alimentos porque acho que também posso ajudar”.
Foi assim que iniciámos uma recolha de alimentos e posteriormente algumas sessões pelas salas L, XL (creche), 1º e 2º ano, 3º ano e 4º ano do 1º CEB a explicar o projeto.

Educadora Cristina Prazeres, CEID’ Outeiro

SABER MAIS: Site da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome – http://www.bancoalimentar.pt/