COMUNICADO nº 2  Ano Letivo 2021/2022 (J.I.s Tires, Outeiro e Matosheirinhos)

Estimadas Famílias
Estamos no início de mais um ano letivo que com certeza será repleto de afetos, aprendizagens, aventuras, descobertas e muitas brincadeiras.
Este ano as crianças deixam de estar em bolha e está salvaguardada a interação entre crianças de idades diferentes que tanto defendemos e acreditamos trazer oportunidades e benefícios para todos.
Voltaremos ao nosso projeto de escolha livre, mas com algumas alterações, serão 3 grupos de referência, em vez de dois e, a escolha das salas será realizada uma vez por dia no período da manhã, durante o qual as crianças poderão experienciar diferentes atividades de acordo com os objetivos de cada sala que as diferencia permitindo de novo múltiplas interações, que em termos de desenvolvimento global enriquece a atividade pedagógica e as crianças no seu conjunto, quer pertençam ao jogo dramático, à intelectual ou às expressões.
No período da tarde, o grupo de referência voltará a reunir-se e permanecerá na sua sala. Será um tempo no qual se pretende potenciar outro tipo de trabalho e relação, privilegiando e assegurando de igual forma os valores da instituição: a participação, autonomia, responsabilidade e livre escolha, mas num sentido mais global do desenvolvimento e articulação das áreas curriculares.
Podem consultar abaixo, os grupos de cada sala de referência que estão definidos segundo critério de idade. As salas de transição (Tires e Outeiro), mantêm o seu grupo de referência com crianças com 3 anos ou quase, sem escolha devido ao facto de serem os mais pequenos e precisarem de sesta até ao início da primavera.
Na expetativa de que possamos trabalhar o ano todo presencialmente, alertamos para a necessidade de se manterem regras de higiene e segurança, mas os pais podem, com máscara, aceder até à entrada das salas, procurando permanecer o menos tempo possível. Os profissionais da instituição estão todos vacinados com as duas doses e usarão mascara no acolhimento com as famílias, no entanto tendo em vista o superior interesse das crianças e na medida do razoável, comunicarão sem máscara com as crianças (lembramos que em estudos recentes se estima um atraso de cerca de 6 meses na aquisição e desenvolvimento da linguagem das crianças, durante este período de dois anos a vivermos em pandemia.

Contem connosco, contaremos com as famílias e em partilha, tolerância e compreensão, conseguiremos que este ano seja mais gratificante para todos.

A direção técnica e pedagógica


Sobre a ‘Participação’ das crianças em J.I.

Como PARTICIPAM crianças entre os 5 e 6 anos num projeto artístico?Construção do Projeto «Tio lobo»

Partilhamos o filme sobre a «Participação» do grupo da sala das Expressões (3e) do JI CEIDe Tires) na construção do teatro de fantoches «Tio Lobo» – um reconto da história com o livro homónimo da Kalandraka, a partir de duas ideias escritas no Diário, e posteriormente desenvolvidas pelas crianças em reunião de Conselho.

Assista aos FILMES:
* «Participação» das crianças AQUI!
* Teatro de fantoches «Tio Lobo» AQUI!


 

Participação no J.I.: Projeto «Tio lobo»

Filme da construção do teatro de fantoches sobre projeto do «Tio lobo» – com a participação das crianças do grupo da sala das Expressões (3e) do JI CEIDe IDEIA Tires.


(Veja o vídeo no canal – IDEIA / O Nosso Sonho do Youtube!, AQUI »» )

PERSONAGENS / Elenco:

Professora – Gabriela fez a construção do fantoche, a voz – Mariana L. | Mãe da Carmela – Mariana S. o fantoche , a voz – Constança S.| Burro – Constança V. | Carmela – Bernardo construiu o fantoche, a voz – Mia | Tio Lobo – Tomás fez fantoche e a voz foi o Tiago | Cão – Lucas | Casa da Carmela – Fábio | Frigideira– Diego | Contadora da história (narradora) – Mara

Assista ao espetáculo AQUI:  Teatro de fantoches «Tio lobo»


 

Teatro de fantoches «Tio Lobo»

Um reconto de um grupo do JI CEIDe IDEIA Tires, a partir de propostas que surgiram no Diário, escritas por duas crianças: “quero fazer bonecos com folhas de outono”; e “teatro de fantoches com as folhas de outono”. Então, na reunião de Conselho, surgiu a ideia de fazer o «Tio lobo», a partir do livro homónimo da Kalandraka. Assista aqui ao resultado:
(vídeo no canal – IDEIA / O Nosso Sonho do Youtube!)

» Sala das expressões, Outubro 2020 – Participaram na construção deste projeto as crianças: Bernardo, Clara, Constança V., Constança S, Morgana, Diego, Fábio, Filipe, Gabriela, Laura, Letícia, Lourenço M., Lourenço D., Lucas, Mara, Mariana G., Mariana L., Mariana S., Marthin, Martim, Mia, Rafael, Teresa, Tiago e o Tomás. EDUCADORA: Inês Amorim | AUXILIAR: Elsa Ferreira

Assista também ao filme – Participação no J.I.: Projeto «Tio lobo» para saber como estas crianças participaram neste projeto.


 

Carpas d´«O Segredo do rio»

Antes de tudo isto acontecer… as crianças no JI CEIDe, estavam a trabalhar o livro “O Segredo do Rio”. Depois, durante as vídeo conferências, relembrámos a história e propusemos que, em casa, construíssem uma carpa colorida com materiais reciclados. Partilhamos aqui os resultados,
assim como um vídeo feito por docentes da IDEIA, para quem quiser recordar, ou conhecer a história..

Uma adaptação / resumo, que não dispensa a leitura do livro de Miguel Sousa Tavares, com ilustração de Fernanda Fragateiro e edição Oficina do Livro.

Ilustrações d´«O Segredo do Rio»

Paralelamente, os alunos das turmas de 4º ano do 1º CEB (outeiro e tires) também trabalharam este livro

… foram depois desafiados a recriar um momento da narrativa.

Veja AQUI os resultados destas obras inspiradas na ilustrações de Fernanda Fragateiro. »»

 


 

Um por Todos e Todos por Um

TESTEMUNHO do menino Francisco:
“Como Eu lidei com o Vírus que mudou o Mundo e a minha Vida!” 

 (…) Francisco resolveu pedir ajuda à Sua Mãe para escrever a sua História para que todos ficassem a saber que ele embora tenha só 5 anos já sabe o que o levou a ter de ficar afastado e que embora seja muito bom estar em casa com a sua Família, ele tem uma outra Família que nem por um segundo se esqueceu dele. (…)
LEIA esta história emocionante AQUI »

A História foi apresentada pela família,  numa das videoconferências pelo Jardim de Infância CEIDe IDEIA Tires ( Sala Intelectual).

 

Quando a mãe era pequena

(Dia da Mãe no J.I. CEIDe)
Este ano celebrámos o dia da Mãe por videoconferência, onde houve espaço para uma história, para a partilha de memórias, educação física e música.

Foi um momento muito gratificante e especial!

A partir da história «Quando a mãe era pequena», fizemos um jogo – Que som é este? – e  até lhe dedicámos uma aula de educação física! Cantámos a canção Beijinho mamã, e no final desafiámos as mães a contarem um pouco das suas brincadeiras de infância e das suas memórias. 

Fica aqui a nossa partilha das atividades!

   
Clique nos vídeos para os visualizar no canal do youtube ‘ideia o nosso sonho’ 

O livro “Quando a mãe era pequena” é um álbum ilustrado que fala sobre algumas diferenças entre gerações. (…) “o mundo era um sítio diferente. Brincava-se na rua, não havia telemóveis, as compras faziam-se na mercearia e os discos eram de vinil. Mas também há coisas que nunca mudam…”
As crianças adoram saber e os adultos adoram contar.

Como era quando os pais eram pequeninos? O mundo era diferente, não havia micro-ondas, computadores, telemóveis nem televisão a cores.

Parece inacreditável mas era assim! Mas, por mais avançada que seja a tecnologia, há coisas que se mantêm inalteradas,
como o amor entre pais e filhos.

CEIDe Tires abril 2020

«Quando a Mãe Era Pequena» é um livro de Joana Cabral, c/ Ilustração de Margarida Teixeira e edição da Máquina de Voar