Arruada de Carnaval IDEIAouteiro 2020

No dia 21 de fevereiro, as valências de 1ºCEB, jardim de Infância e os meninos crescidos da Creche de IDEIAouteiro, saíram às ruas de Outeiro de Polima para brincar a sério!
(CLIQUE nas imagens para aumentar.)

«Arruada pelo Ambiente IDEIA 2020», «Nós não queremos estar em vias de extinção!», «Queremos um planeta mais limpo», «Parem de destruir o nosso habitat», «Não ao uso de pesticidas», «As plantas precisam de nós para serem polinizadas» (Abelhas), «Salvem os polinizadores», Qual será o futuro do nosso planeta?», «Queremos + espaços verdes», «NÃO às plantas exóticas nos nossos canteiros», «NÃO à agricultura intensiva»
… Partida,

«A fruta mais pequena e feia também é boa para comer», «Em Portugal desperdiçamos muito: 1/3 dos alimentos vão para o lixo», «É nos países mais desenvolvidos que há mais comida e mais desperdício», «Somos todos responsáveis pelo desperdício»,

«Ajudem-nos!», «Somos tão fofinhos, não sejam mauzinhos!», «Somos animais, nunca somos demais!»,


«Têm de nos proteger, não queremos morrer», «Têm de nos ajudar, as nossas casas estão a queimar», «Parem de pescar tanto peixe!», «Pensa antes de AGIR»,

E mais uma vez agradecemos a simpatia do acolhimento dos nossos vizinhos do Eleclerc!


«aproveitar alimentos – as sobras não podem ir para o lixo», «Utilize objetos amigos do ambiente!», «Vamos reciclar para o lixo transformar», «Reciclem mais para o nosso planeta ser mais saudável!», « + OXIGÉNIO, POR FAVOR»,

Arruada de Carnaval 2018

Iniciando-se no edifício IDEIAouteiro, o percurso foi colorindo e alegrando as ruas de Outeiro, até ao Centro comercial Aguilha Shopping. As imagens falam por si…

Fica o nosso especial agradecimento ao hipermercado e-Leclerc que mais um ano nos acolheu com muita simpatia e generosidade.

 


Arruada de Carnaval – Projeto de intervenção em Tires

A arruada do CATL IDEIA Tires foi inspirada nas tradições de Mali, país da África Ocidental. A partir da visita ao Museu de Etnologia que fizemos nas férias do Natal, procurámos recriar uma tradição ainda viva desta região, construindo máscaras e marionetas, como ferramentas de intervenção social utilizadas pelos jovens destas comunidades.

E foi no dia 27 de fevereiro 2017, uma 2ª feira de Carnaval, que saímos à rua com o objetivo de dar voz a um projeto de intervenção social na nossa comunidade, que surgiu por iniciativa das crianças, para a construção de um parque Infantil na localidade de Tires.

Patrícia Pereira, Educadora CATL IDEIA Tires

A dança de máscaras é atual, aberta à invenção e mudança. Ao gerar as suas próprias performances, as trupes locais procuram ativamente a criação de novas personagens que correspondam a preocupações e temas contemporâneos.
É esta troca dinâmica entre tradição e inovação que dá ao teatro o seu carácter atual e permite que a dança de máscaras continue a ser um importante e popular contexto artístico de produção de conhecimento e significado para as comunidades do Mali.

In Museu de Etnologia