«À Procura de Ontem»

Exposição de ARTE INFANTIL pelas crianças do CATL IDEIA Outeiro, de 18 maio a 21 junho na biblioteca M. S. Domingos de Rana

O CATL IDEIA Outeiro associou-se à Biblioteca Municipal de São Domingos de Rana para festejar o Dia Internacional dos Museus, 18 de maio, com a exposição de algumas produções plásticas inspiradas por Alison Jay e Eric Carle.
‘À procura de ontem’ parte das palavras de Walt Whitman – “A felicidade não noutro lugar, mas neste lugar… não noutra hora, mas nesta hora.” para celebrar a relação intergeracional (netos-avós) e o papel da memória, o que cuidamos, como ativo valioso para viver com plenitude o futuro.


…pelo 29º aniversário da ‘nossa linda escola’ IDEIA

Frases ditas pelas crianças do CEID´Outeiro a propósito da Escola IDEIAExposição de fotografia
A propósito do 29º aniversário, o jardim-de-infância CEID´Outeiro IDEIA selecionou um conjunto de fotografias que ilustraram algumas frases ditas pelas crianças sobre ‘esta linda escola‘ que é a IDEIA… Sentimo-nos Livres porque podemos correr, brincar… fazer o que quisermos… podemos conversar, partilhar e fazer as nossas ideias(5 A.); “Fico contente por a escola fazer anos, Parabéns… A nossa escola é a maior(5 A.); “Gostamos de aprender coisas nesta escola e gostamos das professoras porque sentimos amor e porque deixam fazer muitas coisas(5 A.); “O nosso coração fica feliz porque gostamos de brincar aqui… a escola é boa para todos(4 A.)A nossa escola é bonita e feliz… adoramos vir para a escola brincar com os amigos(3 A.);

seleção de fotografias patentes na exposição, com o dia a dia das crianças

Hino de aniversário…
“IDEIA, O Nosso Sonho… amarelo e azul…
crianças felizes sempre a cantar
A Magia é incrível acreditamos no futuro
Matoscheirinhos / Outeiro / Tires…União
Uma escola que cuida…
Acredita, dá carinho…
Brincadeira onde nos sentimos especiais!
oh ohh oh.”

A turma do 4º ano cantou o seu ‘Hino de aniversário’ e distribuiu lembranças especiais pelas equipas e valências do edifício IDEIA Outeiro.

Após a apresentação da canção coreografada, a turma entregou à Creche uma lembrança especial, que a recebeu diretamente do seu “camarote” na varanda.


IDEIA 29 anos “Parabéns à nossa linda escola. Vamos todos ficar bem!”

«(…) Os sonhos e o querer de pessoas muito especiais, conseguiram criar e construir alicerces desta Grande Casa. Depois outros se juntaram e fizeram o caminho até aqui, com novas IDEIAS, criatividade e sentido de pertença. Este é sem duvida de todos, o ano mais desafiante e que vai ficar marcado para sempre na vida e na memória dos que cá permanecem.
É realmente uma «nuvem gigante» no percurso, que nos vai tornar mais fortes, mais resistente, mais tolerantes, mais resilientes, mas vamos ultrapassar juntos esta nuvem negra.
Um mimo e um abraço forte à distância, para marcar mais este aniversário das crianças e equipa do CEIDe – Tires.»
Educ. Elsa Velez 27.11.2020 CEIDe IDEIA Tires (J.I.)


 

Voar, voar, voar…

Memórias da CRECHE O Nosso Sonho Matoscheirinhos
(Projeto “Os Aviões” – Sala XL, janeiro 2020)
Num momento de grande grupo enquanto falávamos e partilhávamos ideias, o Dinis olhou para a janela e disse:
– “Vi o avião!”.
A partir dali muitas questões se colocaram:
onde voam os aviões?”, “como voam?” ou “como aterram?”.
Tendo em conta esta curiosidade partimos em busca de respostas, quer na internet, através da visualização de vídeos sobre aviões reais, quer em livros.
Mais tarde fizemos um jogo, mais precisamente uma caça ao avião!
Construímos um avião grande em cartão e pintámo-lo com cores escolhidas por nós.
Depois de estar pronto pudemos brincar com ele e voar, voar, voar…
Estávamos tão empolgados com este projeto que quisemos partilhá-lo com as nossas famílias, construindo um avião com elas. Posteriormente trouxemos os aviões para a creche e fizemos uma exposição.

«Quem era Sophia?»

INAUGURAÇÃO da exposição
Biblioteca São Domingos de Rana
até 21 FEV 2020

No dia 6 de novembro, um grupo de crianças do 1º CEB/CATL IDEIA Outeiro, participou na inauguração da exposição “Quem era Sophia?”, na Biblioteca de São Domingos de Rana, de comemoração do centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen, com as autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada e a ilustradora Sara Feio, autoras da obra que dá o nome à exposição.

Esta exposição integra algumas das criações que surgiram da exploração e vivência da obra ‘A menina do mar’ pelas crianças do CATL IDEIA Outeiro, convidando quem a visita, a mergulhar no mundo das monotipias e de outras formas de expressão. Tem ainda patente alguns registos sobre a encenação de mais duas outras obras de literatura infanto-juvenil da autora, e que aconteceram na «V Edição dos Contos Sobem ao Palco». Recorde AQUI alguns momentos.»»

Saiba mais na notícia da CMC sobre esta exposição AQUI»


 

A TERRA EM NÓS

(EXPOSIÇÃO – À noite no museu – no J.I. CEID´Outeiro)
No seguimento das comemorações da semana dos museus, o jardim-de-infância CEID’Outeiro, organizou a exposição – “A TERRA EM NÓS”, e abriu portas das 20h às 21h30.
Esta exposição resultou de um conjunto de projetos elaborados nas salas e que ganharam vida no Museu (vários espaços do J.I.), na noite dos Museus.

«Ao entrarem nesta viagem,
desde o Universo, vão chegar às pessoas,
aos cheiros, sabores, lugares distantes,
conhecer animais… experiências…

poder descobrir o tamanho da nossa curiosidade
… das ideias, partilhas e pesquisas…em projeto
… uns com os outros, vivendo a “Terra em nós” »

Início da exposição com os projetos (sala Intelectual):
“Porque é que não há gravidade no espaço” e “Planeta terra” (PLANETÁRIO)


Na sala da “VULCANOLOGIA”, Sala Intelectual , os projetos:
“Vulcões” e “Açores, terra do Pico”


Projeto (Sala do Jogo Dramático):O continente africano


Projetos (Sala Transição e corredores): “O crocodilo do Nilo” , “Tigre”,
“as cobras” e “Como é que as abelhas fazem a polinização”


Projetos (Sala das Expressões): “As cores do mar dos açores”,
a pintura de “Almada Negreiros” (natural de São Tomé / continente africano)
e as “cores d’Africa”.


 

Mostra de Monotipias

No âmbito das comemorações do 30º aniversário de O NOSSO SONHO – Cooperativa de Ensino e Solidariedade Social, levamos a toda a comunidade uma Mostra de Monotipias realizadas por crianças e adolescentes de todas as valências desta instituição e da IDEIA – Instituto para o Desenvolvimento Educativo Integrado na Acção, que estará patente na Biblioteca Municipal de São Domingos de Rana entre o dia 3 e o dia 20 de abril de 2017.

A Monotipia é uma técnica tradicional de impressão e de expressão criativa, que combina a pintura, o desenho e a gravura e que permite a reprodução de um desenho.
Mono (única) e tipia (impressão) ou seja, a imagem que é impressa e se torna na cópia única. É uma técnica simples, embora trabalhosa e exigente em  conhecimento e realização. Valoriza o gesto, a espontaneidade, o traço, a expressão criativa individual e/ou coletiva .. Permite a valorização do desenho e da criatividade – perante uma mancha de cor, uma superfície pintada, a criança é convidada a abrir áreas claras que posteriormente poderá, ou não, colorir dando voz e forma às suas ideias, pensamentos e emoções.

A Monotipia é também uma marca no trabalho desta Organização e a Mostra é uma forma de celebrar a sua história no encerramento das comemorações, que se iniciaram a 10 de março, dia da fundação de O Nosso Sonho. As atividades iniciaram-se com um momento especial a 14ª estafeta “A Cor dos Sonhos”.
Durante estas 3 décadas O Nosso Sonho envolveu crianças, jovens e adultos, que hoje regressam às origens já com os seus filhos, lembrando-nos assim que a intervenção sócio educativa é indissociável da qualidade dos afetos e das interações, da participação, da liberdade de escolha, da autonomia … deste “projeto virado para o sol“.

Com esta mostra a singularidade de cada um, a valorização da diferença, e a criatividade enchem de cor a nossa Biblioteca.


 

Visita a EXPOSIÇÃO de Christos Bokoros

ceid-outeiro-visita

Fundação D. Luís I, Centro Cultural Cascais
“Exposição No caminho da Essência”
sobre o percurso pictórico de Christos Bokoros. (artista plástico Grego).
Foi neste autor que nos inspirámos para pintar nas tábuas, tal como ele faz nas madeiras dos barcos e das pontes antigas. Tem uma obra muito interessante, recomendo…
Educadora do
CEID’Outeiro – Cristina Prazeres