Tires mais verde e o Goilão

A nossa escola e o CATL (IDEIA) são em Tires, que fica na freguesia de São Domingos de Rana. Nesta terra passa uma ribeira que conhecemos bem e por isso, chamamos de nossa. É a ribeira das Marianas, mas as pessoas de antigamente chamavam-lhe o Goilão.
O Pato-Real escolheu-a para viver. Existem muitas famílias de patos, cobras de água e rãs. A ribeira é o seu habitat, a sua casa. Todas as semanas fazemos incursões e observamos mais de perto como estão os animais, se nasceram novos patos e se há lixo. Observamos o ciclo de vida da ribeira. Já estudámos algumas espécies, sabemos que os lagostins são pragas porque se alimentam de insetos e das plantas da ribeira, e acabam com os esconderijos dos outros animais e com os ovos dos anfíbios. Descobrimos que a cobra de água é uma boa nadadora e só entra na água à procura de alimento. Sabemos que esta ribeira nasce em Sintra e desagua em Carcavelos. Que serve para regar os terrenos cultivados à volta.
O pior é que também observamos o lixo que as pessoas deitam ou o plástico que voa com o vento.
Assim, no dia 31 de maio decidimos descer à ribeira com a ajuda de um escadote e de galochas calçadas. Vimos de perto a água, sentimos o cheiro e recolhemos uma amostra. Apanhámos todo o lixo que conseguimos e enchemos dois sacos de 130 litros.
Temos algumas ideias para melhorar a ribeira e ajudar a diminuir o impacto da temperatura e das ondas de calor que já se fazem sentir. Vamos propor à Câmara de Cascais a criação de um corredor verde para tornar esta zona mais fresca e preservar a biodiversidade. Já enviámos um email para a Cascais Ambiente para continuar a limpeza.

Em breve teremos mais novidades! Estamos a construir cartazes para colocar ao longo da ribeira e alertar a população para as nossas preocupações.

Junho 2021, CATL IDEIA Tires / 1º CEB

Esta noticia da IDEIA – “Tires mais verde e o Goilão” – saiu na Edição nº 3 | junho 2021 do Jornal Eco da Cascais Ambiente – “o Jornal Escolar que divulga o Bom Ambiente das escolas do concelho“. Pode consultar as edições do JornalEco aqui: PESA | Jornal Eco | Cascais Ambiente
(Cascais Ambiente – Gestão do Ambiente Terrestre e Marítimo /  EMAC – Empresa Municipal de Ambiente de Cascais, E.M., S.A.)


Conheça este outro projeto do CATL IDEIA Tires / 1ºCEB:
Descobre a tua pegada H2O, atreve-te a ti, família e amigos a reduzi-la!(jun2021)


 

Quartel dos Bombeiros Voluntários de Cascais

Turmas de 1º e 4º ano (1º CEB CEIDe IDEIA Tires
A visita de estudo realizou-se no dia 17 de janeiro 2020.
“Eu gostei de treinar com a mangueira” (J.C. 4.º ano)
“Descobrimos que existem três tipos de fatos: fato de emergência médica, fato de incêndios urbanos e fato de incêndios florestais” (R.G. 4.º ano)
“Eu gostei de vestir o fato de bombeiro” (M.P. 1º ano)
“Eu gostei muito de andar na carrinha dos bombeiros” (M.A. 1.º ano)

No âmbito do estudo dos temas “Primeiros Socorros” e “Prevenção de Incêndios” a turma do 4.º ano recebeu, no fim de novembro, a visita do bombeiro voluntário José Afonso que presta o seu voluntariado nos Bombeiros de Cascais. Após essa visita, os nossos alunos demonstraram vontade em conhecer melhor um quartel dos bombeiros e as suas viaturas. Por essa razão, deslocaram-se até ao Quartel dos Bombeiros de Cascais.
Esta visita foi também realizada pela turma do 1.º ano, no âmbito do estudo do tema “A Segurança do seu Corpo”.
De forma a sensibilizar os nossos alunos para uma melhor qualidade do ambiente e beneficiando do projeto de mobilidade implementado pela Câmara Municipal de Cascais, as turmas deslocaram-se até à paragem de autocarro e aguardaram pela chegada do autocarro 462 que os levaria até ao quartel.
A viagem foi divertida, pois para alguns era a primeira vez a andar de autocarro.
Ao chegar ao quartel, os alunos foram recebidos pelo bombeiro José Afonso e divididos em dois grupos para a realização da visita às instalações e viaturas.


 

Villa Romana de Freiria

Turmas de 4º ano (1º CEB Outeiro e CEIDe IDEIA Tires)
A visita de estudo realizou-se no dia 15 de janeiro, enquadrada nos temas de História de Portugal. Durante a visita, contámos com a presença do Doutor José d’Encarnação, que coordenou as escavações deste património e se dedicou às temáticas da presença romana em Portugal e à epigrafia latina. Foi muito interessante fazer esta viagem no tempo e saber mais sobre o modo de vida dos romanos!


CLIQUE na imagem para aumentar.

Alguns excertos dos registos sobre este dia, escritos pelos alunos:

– Aprendi que quando as letras estavam deitadas, estava escrito em itálico. Também aprendi que villa quer dizer casa em latim (C.R., IDEIA Outeiro)
– A “villa Romana. (..) era enorme e tinha sauna, piscina, muitas salas de estar, cozinha, celeiro, duas grandes casas, era tanta coisa, que já nem sei as outras divisórias.” (L.J., IDEIA Outeiro)
– O que mais gostei foi de aprender que aquele celeiro é considerado o maior da Península Ibérica (R.G. CEIDe)
– aprendi coisas estranhas que os romanos utilizavam (…) gatos à porta do celeiro para matar os ratos que lá entravam (L.J., IDEIA Outeiro)
– (…) a partir de cascas de ameijoa, eles descobriram a cozinha (L.N., IDEIA Outeiro)
– Aprendi que os Romanos lavavam as roupas num tanque e o que gostei mais foi quando o José nos mostrou o local onde era a sala de jantar (M.C., CEIDe)
– (…) encontraram uma pedra de anel que era cor de laranja e que parecia que era feita de âmbar e que estava lá desenhado um homem com um arco e flecha. (D.T., IDEIA Outeiro)
– O que eu gostei mais foi de ver os vestígios e imaginar como seria aquela quinta antigamente (B.V., CEIDe)
– Mas não teríamos percebido muita coisa se não fosse a maravilhosa ajuda de um arqueólogo chamado José d’Encarnação (T., IDEIA Outeiro)
– O Doutor José d´Encarnação é o melhor guia de sempre! (L.J. IDEIA Outeiro)
– O Doutor José da Encarnação foi o historiador que nos guiou nesta visita. Ele foi muito simpático porque respondeu a todas as perguntas e explicou muito bem, de forma a nós percebermos bem. Quero agradecer à escola e ao Doutor José d’Encarnação por termos feito esta visita e ficarmos com estes conhecimentos (M.C. IDEIA Outeiro)


 

Quem era Sophia?

Texto escrito por Beatriz G. e Mariana C. (Alunas do 4.º ano, 1º CEB Tires):
«No dia 11 de novembro, as turmas do 2.º e 4.º anos de Tires foram à biblioteca de São Domingos de Rana assistir a uma leitura encenada da obra “Quem era Sophia?”, promovida pela editora Pato Lógico. Este livro falava da vida de Sophia de Mello Breyner Andresen, os locais onde morou, as suas vivências e tudo aquilo que, mais tarde, iria inspirar os seus livros.Depois de ouvirmos a história sobre a Sophia, a contadora de histórias desafiou-nos a realizar uma atividade, que consistia em preencher um “contentor” com aspetos relacionados com a Sophia e a sua vida.
A propósito desta atividade, os alunos do 2.º ano trouxeram livros da autoria de Sophia de Mello Breyner para ler em sala e o Miguel (2.º ano) trouxe um livro muito especial que irá servir de inspiração para um trabalho realizado pelas duas turmas a partir da obra “A Floresta”, que estamos a ler todos os dias de manhã, em conjunto.»
A Exposição esteve patente na Biblioteca São Domingos de Rana de 6 NOV 2019 a 21 FEV 2020

Comemorando o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen, a obra homónima «Quem era Sophia?» serviu de mote à realização desta exposição, que também integra algumas das criações que surgiram da exploração e vivência da obra ‘A menina do mar’ pelas crianças do CATL IDEIA Outeiro, convidando quem a visita, a mergulhar no mundo das monotipias e de outras formas de expressão. Tem ainda patente alguns registos sobre a encenação de mais duas outras obras de literatura infanto-juvenil da autora, e que aconteceram na «V Edição dos Contos Sobem ao Palco».
Recorde AQUI alguns momentos da edição dos CONTOS,
ou do dia da INAUGURAÇÃO (6NOV).»»